Resenha do livro “Der Mann, der die Wörter liebte” (tradução livre: “O homem que amava as palavras”), de Simon Winchester. O texto escrito está nesse link.

Esse livro incrível conta uma curiosidade sobre a elaboração do maior dicionário de língua inglesa da história: o dicionário Oxford.

A gente pensa que trabalho remoto é uma coisa super inovadora, mas nos anos 1800 já rolava muito essa prática. E nem vou falar dos colaboradores para não dar spoiler.

Só posso dizer uma coisa: venha ouvir! Você não vai se arrepender!

E o melhor! O livro foi traduzido para o português! Para comprar é só clicar no link abaixo.